Refugiados gravam música e vídeo em que agradecem abrigo no Brasil

Mais de 50 refugiados que moram em São Paulo ajudaram no vídeo.
Objetivo é quebrar preconceito que muitas vezes sofrem.

Em vídeo, refugiados que moram em São Paulo sacodem bandeiras de seus países na Praça da Sé (Foto: Reprodução/ Refugees in Brazil)

Um grupo de refugiados que mora em São Paulo gravou uma música e um videoclipe em que contam por que saíram de seus países e agradecem o abrigo que receberam no Brasil. A principal vontade dos participantes foi explicar o que é um refugiado e quebrar o preconceito que muitas vezes sofrem.

A produção do vídeo, que durou 10 meses, teve participação de mais de 50 refugiados de 12 países – como Síria, Nigéria e Congo – em todas as suas etapas, como composição da música, roteiro e edição de imagens.

No vídeo, os refugiados simulam sua chegada a São Paulo e falam sobre o que sofriam em sua terra natal, citando casos de perseguição e guerra. “O Brasil nos dá mais segurança. Nós somos muito mais felizes agora”, cantam. Ao final, eles agradecem a hospitalidade no país.

Uma das cenas foi gravada na Praça da Sé, em São Paulo. Imagem feita por um drone mostra os refugiados balançando as bandeiras de seus respectivos países.

O projeto Refugees in Brazil (“Refugiados no Brasil”) foi um dos escolhidos pelo programa Youth Initiative (“Iniciativa Jovem”, em inglês) do Acnur, a Agência para Refugiados da ONU para sair do papel.

As reuniões foram feitas com o apoio da Caritas Arquidiocesana de São Paulo, que tem programas de acolhimento e integração de refugiados.

Com informações de G1

Dilma visitará Moscou para o desfile do Dia da Vitória sobre o Nazismo

A presidenta Dilma Rousseff deverá viajar para Moscou, em maio, para participar das comemorações dos 70 anos do triunfo da então União Soviética sobre a Alemanha nazista, no conflito que para os soviéticos ficou conhecido como Grande Guerra Patriótica.

 

Desfile do Dia da Vitória em Moscou

A chefa de Estado brasileira está entre os muitos líderes internacionais que relembrarão na capital da Rússia um grande momento da história da humanidade, quando os militares soviéticos conseguiram derrotar as forças nazistas na Europa. Continuar lendo

Papa Francisco visitará Cuba em setembro antes de ir aos EUA

O papa Francisco visitará Cuba em setembro, convidado pelas autoridades e os bispos, antes de viajar aos Estados Unidos, confirmou o Vaticano.

A Santa Sé atuou como mediadora para a aproximação de Washington e o regime comunista, que começam a dar passos para melhorar suas relações depois de décadas de conflito.

Continuar lendo

Papa critica “excessos do machismo” e exposição do corpo da mulher pela mídia

O papa Francisco criticou nesta quarta-feira (22) “os excessos do machismo”, que qualifica a mulher como “segunda classe”, e denunciou “a instrumentalização e a comercialização do corpo feminino na atual cultura midiática”.

Durante a audiência geral na Praça de São Pedro, o papa denunciou as “variadas formas de sedução enganosa e prepotência humilhante” exercidas sobre as mulheres, como “os excessos do machismo, que considera a mulher de segunda classe”. Continuar lendo

GOVERNADOR DE NY ENCONTRA PRIMEIRO VICE-PRESIDENTE CUBANO EM HAVANA

DURANTE O ENCONTRO, LÍDERES DISCUTIRAM PROCESSO DE ATUALIZAÇÃO DO MODELO ECONÔMICO CUBANO, RELAÇÕES ENTRE CUBA E OS EUA E AS PERSPECTIVAS DE DESENVOLVIMENTO DOS VÍNCULOS ENTRE O ESTADO DE NY E CUBA

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, foi recebido nesta terça-feira em Havana pelo primeiro vice-presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, com quem dialogou sobre vários temas, inclusive as relações entre Estados Unidos e Cuba, informou hoje a imprensa oficial. “Durante o encontro falou-se sobre o processo de atualização do modelo econômico cubano, as relações entre Cuba e os EUA e as perspectivas de desenvolvimento dos vínculos entre o estado de Nova York e Cuba”, afirmou uma breve nota da estatal Agência de Informação Nacional.

Continuar lendo