Ex-diretor da Petrobras diz que houve propina para PP e PSDB

Lúcio Bernardo Jr/Câmara dos Deputados

O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa confirmou à CPI da Petrobras teor de depoimento que havia prestado à Justiça Federal, em que acusa o deputado Eduardo da Fonte (PP-PE) e o ex-presidente do PSDB Sérgio Guerra, já falecido, de cobrança de propina para evitar investigações de uma comissão parlamentar de inquérito no Congresso.

Ele disse não saber se era uma CPI da Câmara ou CPI Mista – com participação de senadores – mas afirmou que o pagamento foi feito. Costa não mencionou a quantia, nem a maneira como esse dinheiro teria sido pago, mas garantiu ter sido informado do pagamento pela empresa Queiroz Galvão.

Segundo ele, o encontro com Sérgio Guerra foi intermediado por Eduardo da Fonte e teria ocorrido em um hotel no Rio de Janeiro. “Recebi um pedido do deputado Eduardo da Fonte, do PP de Pernambuco, que pediu para se encontrar comigo e, chegando lá, estava também o senador Sérgio Guerra. Eles me disseram que estava ocorrendo uma CPI sobre a Petrobras e que isso poderia ser minorado ou postergado, mas que precisava ter um ganho, um ajuste financeiro”, disse.

De Agência Câmara de Notícias

O papel da Sociedade Brasileira no combate à corrupção e o fortalecimento da Democracia

No ultimo período a sociedade brasileira tem debatido com muita disposição o combate à corrupção. É possível dizer que a corrupção no Brasil tende a ser um tanto intensa à medida que os mecanismos de controle social são fragilizados, por isso a importância da Democracia, na qual a lei e a ética estejam garantidas constitucionalmente.

A crise do sistema político brasileiro tende a se incidir em diversos episódios de corrupção e as manifestações populares realizadas no ultimo período mostram que temos um longo caminho no sentido do fortalecimento de nossa democracia.

CUTTT

Continuar lendo

UFF abre em agosto primeiro curso de mestrado em turismo do Rio de Janeiro

A Universidade Federal Fluminense (UFF) abre, em agosto próximo, o primeiro curso de mestrado em turismo do estado do Rio de Janeiro e o segundo da Região Sudeste. De acordo com o diretor da Faculdade de Turismo e Hotelaria da UFF, Marcello Tomé, o primeiro foi o da Universidade de São Paulo (USP). Continuar lendo

CONTRA A DEMOCRACIA FOLHA OFICIALIZA ADESÃO AO IMPEACHMENT DE DILMA

Em editorial, o jornal de Otávio Frias Filho, que fez pesquisa Datafolha sobre apoio à derrubada da presidente antes das manifestações de 12 de abril, argumenta que as chamadas “pedaladas fiscais” são argumento suficiente para derrubar um governo; “Caso prevaleça o entendimento do TCU, estará aberto o caminho para o Ministério Público Federal processar os gestores envolvidos. O tribunal também poderá recomendar ao Congresso a rejeição das contas do governo Dilma, o que seria inédito e permitiria, em tese, a abertura de processo de impeachment contra a presidente”, diz o texto; para o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, tese representa desespero da oposição

O jornal Folha de S. Paulo, comandado por Otávio Frias Filho, oficializou, neste domingo, seu apoio a um eventual impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Em editorial, que expressa a posição do veículo, a Folha argumenta que as chamadas “pedaladas fiscais” são motivo suficiente para a derrubada de um governo legitimamente eleito.

Continuar lendo

Ex bolsista do Ciências Sem Fronteiras irá ao espaço

Pedro Nehme é estudante de Engenharia Elétrica da Universidade de Brasília e foi da primeira turma do Ciência sem Fronteiras

A presidenta Dilma Rousseff parabenizou, o estudante Pedro Nehme,por meio de sua conta no Twitter, pela conquista de ser o primeiro brasileiro civil a ir ao espaço, ainda neste ano.

Pedro, de 23 anos, é estudante de Engenharia Elétrica da Universidade de Brasília (UnB) e bolsista da Agência Espacial Brasileira (AEB/MCTI), estagiou na Nasa e, conforme destacou a presidenta em sua mensagem, foi da primeira turma do Ciência sem Fronteiras. Nehme foi selecionado após vencer um concurso com outros 129 mil concorrentes de todo o mundo e fará um voo suborbital.

Ele terá a missão de levar ao espaço um experimento, selecionado pela AEB, capaz de avaliar os diversos aspectos fisiológicos relacionados à exposição do corpo humano ao ambiente de microgravidade e hipergravidade.

A seleção do experimento para a viagem está sendo feita por meio do 5º Anúncio de Oportunidade (5º AO), do Programa Microgravidade da AEB. O edital é direcionado a escolas públicas de educação básica, em parceria com instituições de ensino superior (IES).

Competição

A competição foi promovida em 2013, por uma empresa aérea holandesa . O desafio consistia em adivinhar em qual ponto iria estourar um balão de alta altitude, monitorado por câmeras e GPS.

Dentre todos os candidatos, Pedro foi o que mais se aproximou do resultado final, vencendo a disputa. Atualmente, o estudante auxilia no desenvolvimento dos programas da AEB.
T def