TEMER: ‘NÃO VEJO NADA CONTRA LULA’

O vice-presidente da República, Michel Temer, descartou a possibilidade de as prisões dos presidentes da Odebrecht e da Andrade Gutierrez, em nova fase da Operação Lava-Jato, trazerem problemas para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que fez viagem ao exterior paga pelo Odebrecht.

“Em relação ao presidente Lula, não vejo nada, nem saberia dizer quais as razões da prisão”, disse.

Temer evitou entrar no mérito sobre a legitimidade das prisões. “Não temos comentários a fazer. Apenas surpreendidos com esse fato. Na verdade, é uma questão judicial e será decidida pelo Judiciário”, afirmou.

De: Brasil247

Juiz condena Youssef, Costa e mais seis na Lava Jato

Citando as delações premiadas de Costa e Youssef e as provas obtidas com as quebras de sigilos fiscais, o juiz diz ter constatado 20 manobras de lavagem de dinheiro entre a Sanko e as empresas do doleiro

O juiz federal Sérgio Moro condenou, nesta quarta-feira, oito réus da Operação Lava Jato por lavagem de dinheiro e organização criminosa no caso do pagamento de propinas e superfaturamento da obra da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Entre os condenados estão o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor de abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, considerados dois dos principais personagens do “petrolão”.

Ministros do STF criticam disputa de poder que suspendeu depoimentos

Decisão tem efeito sobre processos que estão relacionados a 40 investigados entre políticos e operadores do esquema

Ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) criticaram na última quinta-feira (16) a disputa de poder entre as cúpulas do Ministério Público Federal e da Polícia Federal sobre os rumos das investigações de políticos suspeitos de envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras.

 

Continuar lendo